Top Social

Curiosidades sobre os canídeos...

30.1.12

  • A maior ninhada ocorreu em 1944 quando uma American Foxhound teve 24 filhotes. 
  • Dar chocolates aos cães pode ser fatal para eles. Um ingrediente do chocolate, a teobromina, estimula o sistema nervoso central e o músculo cardíaco.
  • Dois cães sobreviveram ao naufrágio do Titanic. Escaparam nos primeiros botes salva-vidas, que levavam tão poucas pessoas que ninguém se importou que eles estivessem ali.
  • Já não existem mais Huskies Siberianos na Sibéria.
  • O olfato dos cães é um dos melhores da natureza. Se as membranas situadas no nariz dos cães fossem estendidas, elas seriam maiores que o próprio cão.
  • Os cães de guarda são mais susceptíveis de atacar um estranho a correr do que um que esteja parado.
  • Os cães selvagens que vivem em matilhas na Austrália são chamados de Dingos. 
  • Os cães têm cerca de 100 expressões faciais, a maior parte delas é feita com as orelhas.
  • Os cães vêem cores, mas não tão nitidamente como os humanos. 
  • Os americanos gastam mais dinheiro em alimentos para cães do que para bebés.
  • Os cães suam através das patas e do focinho.
  • Houve um cão que era tão leal ao dono que, quando este morreu, ele nunca saiu de perto da cama. Apenas saía para ir buscar comida e voltava para comer ao pé do dono, como era costume. O cão passou o resto dos seus dias ali. Quando morreu foi enterrado ao lado do dono.
  • O cão de guarda húngaro Kuvasz não é geneticamente um cão branco. O Kuvasz é um cão preto com pêlo branco.
  • Há mais de 52.6 milhões de cachorros nos Estados Unidos.
  • A imagem de Salvador De Viajantes sustentada pelos cães São Bernardo surgiu na Suíça em meados do século XVIII. Foi em Valais, na Pousada do Grande São Bernardo, que os monges começaram a treinar os cães, inicialmente como auxiliares em trabalhos domésticos. O tempo foi passando e os cães foram também ensinados a guiar os viajantes que passavam pelas redondezas, além de irem buscar vítimas de avalanches que pudessem estar soterradas vivas na fria região da Pousada, o desfiladeiro do Grande São Bernardo. Apesar de serem realmente cães de salvamento, nunca levaram amarrado ao pescoço o barrilzinho com álcool frequentemente visto em ilustrações e desenhos animados. O mais conhecido desses cães chamava-se Barry, dono da fama de ter salvo mais de 40 pessoas em toda a sua vida. Ele ainda pode ser visto, empalhado, no Museu de História Natural de Berna.
  • Os cães machos urinam com muito mais frequência do que as cadelas. Isso porque a urina também age, em parte, como marcador de seu território.
  • Na hora da refeição, o cão é mais receptível a ensinamentos. Um filhote aprende mais rápido seu nome quando você o chama para se alimentar.
  • A menor raça de cão é o Chihuahua cujo peso reconhecido se encontra entre 90 gramas até 2,75 kg.
  • As raças mais altas de cães são o Grand Danois, o Wolfhound Irlandês, o São Bernardo, o Mastim Inglês, o Borzoi e o Karabash da Anatólia (cão pastor turco). Todas essas raças podem chegar a 90 cm de altura. 
Nota:Texto adaptado de http://www.mdig.com.br/index.php?itemid=7029 e de http://www.portaldascuriosidades.com/forum/index.php?topic=69142.0