Top Social

Um pé em Lisboa e outro no Porto

16.7.13
O fim-de-semana dividido entre Lisboa e Porto foi uma maravilha. Curto, como sempre, mas uma maravilha. Chegámos bem cedo e tratamos de visitar uma grande amiga, para depois nos deliciarmos num almoço com alguns seguidores e parceiros do blogue. 

O almoço foi no Peter Cafe Sport do Parque das Nações, um sítio giro com uma bela vista. Uma tarde divertida e com conversa para dar e para vender. Foi das melhores experiência que tive. Poder conhecer ao vivo e a cores donos e cães que nos vão seguindo. Um beijinho especial à Sara (a hiper simpática mentora do Dogtorbig Therapy e dona do fantástico Big), às meninas fotógrafas que colaboram connosco neste espaço ( Patas&Focinhos Fotografia), à Vanessa e ao Jota (por serem tão amáveis e terem duas cadelas do mais mimosas que há) e ao Nuno e ao Spooky (pela simpatia e companhia). Foi mesmo um gosto conhecer-vos e passar para a realidade muitas das impressões que vamos tendo. Esperamos que haja repetição desta iniciativa e que venham ao Porto.

Ainda conseguimos dar um pulinho rápido à FIA com a querida Sara, onde conhecemos pessoalmente a Joana do Ar -Craft Studio. Um doce de pessoa que põe muito de si nas suas peças. Por mim, trazia todos os artigos que a Joana tinha em exposição. Cada um mais giro que o outro, cada um mais delicado que o outro...assim torna difícil a escolha.

O Domingo foi passado no Porto, com poucas horas de sono, mas com muita boa vontade de colaborar e ajudar. O Mundo do Lucas teve a sua banquinha no Mercado dos Santos, onde o Zurich esteve aos abracinhos, miminhos e colinho de pequenos e graúdos. 

O “Mercado dos Santos" incluiu:
• Uma Campanha de recolha de dádivas de sangue e medula, assegurada pelo CEDACE entre as 14h e as 19h;
• Uma Campanha de recolha de bens, fundos e dadores para apoiar “vizinhos” que enfrentam situações de carência ou doença: o Filipe,o Renato, o Nando e a Maria Raquel
• Uma área de Petiscos para a Alma, com a promoção de vários workshops e animação para crianças e adultos;
• Uma área de Petiscos Portugueses, com venda de produtos alimentares;
• Um Mercado com venda de produtos variados, directamente pelas marcas e uma área de Venda Solidária, à consignação, pelos organizadores do evento.

Para terminar não posso deixar de colocar o texto que a Marisa Barroca escreveu na página do Mercado dos Santos:


Ainda em “ressaca” depois da maratona de montagem e desmontagem do Mercado, não podemos deixar de prestar a nossa homenagem.



Homenagem a todos quantos dispensaram uma parte do seu domingo para nos visitar, para participar na recolha do CEDACE, para provar os nossos petiscos, fazer compras solidárias e partilhar sorrisos!
Homenagem a todas as marcas que estiveram presentes e iluminaram o Mercado com a sua arte, criatividade e bom gosto!
Homenagem a todas as marcas que, não podendo estar presentes, doaram os seus artigos para venda na Banca Solidária!
Homenagem a todas as marcas e “chefs” amadores que, cedendo bebidas e petiscos, contribuíram para alimentar o corpo e repor os níveis de energia dos solidários!
Homenagem à Casa do Vizinho e a todos os Vizinhos que possibilitaram a realização do Mercado cedendo mesas, cadeiras, toldos e tantas outras pequenas coisas sem as quais nada teria sido possível! 

Sabíamos à partida que o Mercado seria sempre um sucesso porque nasceu de uma causa solidária e moveu muitas energias positivas e muitos esforços em prol de uma causa solidária. Nem tudo foi perfeito e agradecemos a vossa compreensão, críticas e sugestões de melhoria às quais tentaremos sempre dar resposta dentro das condicionantes de uma organização informal, voluntária e que começa cada projecto do nada, dependente da boa vontade de todos!

A organização destes eventos é sempre, necessariamente, fruto da paixão e do coração de alguns voluntários que durante muitos dias procuraram garantir as melhores condições a quem participasse e a quem nos visitasse. Foram muitos telefonemas e emails a pedir apoios, muita quilómetros para recolher patrocínios, muitas horas de jardinagem, limpeza, montagem e desmontagem para que a Casa nos pudesse receber a todos! 
E é por isto que também sentimos a necessidade de prestar homenagem a todos os voluntários que fizeram parte da organização do Mercado. Porque sabemos que cada um de vós também tem uma vida, com tons de arco-íris mas muitas vezes também com dias cinzentos, e entendemos que o esforço a que se prestaram nos últimos dias implicou uma grande entrega e muitos sacrifícios. A vós, e às vossas famílias, o nosso grande agradecimento. Não podendo retribuir-vos de outra forma, esperamos que o nosso agradecimento e a satisfação de estarem a contribuir para um mundo mais solidário seja suficiente para vos cativar-vos para os próximos Mercados!

Este Mercado continuará nos próximos dias com duas actividades.
A partir de amanhã poderão consultar no nosso Facebook, num álbum a designar “Leilão Solidário”, os artigos que não foram vendidos na Banca Solidária e que serão disponibilizados para venda online (os lucros continuarão a reverter para as causas identificadas e, no fim do leilão, publicaremos a receita total obtida com este Mercados dos Santos). 
Também a partir de amanhã, publicaremos “shots” de entrevista com as marcas do Mercado. Porque esta é também uma forma de ser solidário, dar a conhecer as histórias de vida por trás da marca e promover a vossa arte e engenho!

E sim, haverá próximos Mercados! Porque haverá sempre causas que o justifiquem e porque, mesmo num mundo ideal, teremos sempre a oportunidade de celebrar, com o Mercado, os laços de solidariedade e afecto. 
O próximo evento será já em Setembro e desta vez focamo-nos no Desporto e Vida Saudável para promover a solidariedade… O que vem aí? O II Torneio do Dragãozinho Azul dedicado à Fundação Dragãozinho Azul e às causas apoiadas pelo Paulo Sousa Costa. Fiquem atentos, haverá novidades em breve!

Ao Filipe, ao Nando, ao Renato, ao Diogo e à Maria Raquel desejamos uma vida cheia de oportunidades. 
Sabemos que, infelizmente, não está nas nossas mãos alterar o vosso destino mas gostamos de pensar que passo a passo se constrói uma esperança e se abrem novas oportunidades. Que este Mercado tenha sido um desses passos e que as vossas famílias possam continuar e ter a força necessária para construir os passos seguintes!
O nosso sonho é que um dia, num futuro próximo, se possam juntar a nós e organizar outros Mercados para ajudar a construir os passos de outros.