Top Social

Designer dog entra na família real norueguesa

18.12.12


Cães| Ter um animal de estimação é, para a maioria das crianças, um motivo de grande alegria, e os filhos de Mette-Marit e Haakon da Noruega não são excepção. Por isso, quando os pais lhes apresentaram Milly Kakao, um engraçado labradoodle de quatro meses, Ingrid Alexandra, de cinco anos, Sverre Magnus, de quatro, e Marius, de 12, fruto de um casamento anterior da princesa, não esconderam a sua enorme felicidade.

Nem Mette-Marit 
resiste ao Milly Kakao
O irresistível labradoodle (raça que resulta do cruzamento de labrador retriever com caniche) chegou à residência oficial do herdeiro do trono norueguês dias antes do início das férias de Verão, e as três crianças passaram a tarde a brincar com ele, o que proporcionou à fotógrafa convidada a fazer a cobertura da recepção de Milly Kakao uma ocasião para captar excelentes imagens da família.

Depois das fotografias de um cão presidencial - Bo, o cão-de-água português dos Obama - terem corrido o mundo, Milly arrisca-se, agora, a tornar-se o mais famoso cão... real. E por boas razões, já que os labradoodle são brincalhões, leais e muito amigos das crianças. E, tal como Bo, também têm um tipo de pêlo pouco alergéneo. 

Os cães como animais de estimação foram introduzidos na Casa Real norueguesa pela rainha Maud, bisavó de Haakon, que era inglesa, mas desde que o rei Olavo V (filho desta) morreu que não havia um na família. Olavo V teve um cão tão dedicado, Troll, que este aparece ao lado do soberano na sua estátua, em Holmenkollen, Oslo.

Notícia retirada na íntegra daqui.