Top Social

Perigos do Natal: preparativos

12.12.12

Nesta época natalícia, onde já todos andam engalanados, os cuidados com o seu animal devem ser redobrados. Quanto à decoração isso já é um assunto arrumado aqui. E, quanto aos preparativos? Quanto às noites e dias que antecedem a grande “noite”?

Como bons portugueses que somos, deixamos tudo sempre para última hora. Contudo, em toda a regra há excepções. Suponhamos que vamos adquirindo presentes e colocando debaixo da árvore de Natal, as meias colocadas na lareira, ligamos a lareira para criar ambiente, uma velhinha aqui  outra acolá. Então e onde se encaixa o vosso amigo de 4patas?

Em casa, como sempre, dirão muitos. Em casa, onde todas as tentações moram e os perigos atraem.

  • Presentes: Cá em casa os patudos sabem quando temos uma prenda para eles mesmo quando vem embrulhada como se fosse para oferecer a um nosso semelhante. A ingestão de fitas, papel de embrulho e afins pode causar graves transtornos gastrointestinais, em casos mais graves podem ser fatais.
  • Lareira: O calor emitido pela lareira pode atrair o cão ou gato. O seu animal doméstico deleita-se com o seu calor. Contudo, existe um perigo muito grande quando se fala de lareiras. Ultrapassando o tema das lareiras sem protecção (presumimos que os donos têm o cuidado prévio de colocar  protecção na lareira), essas sim são o maior perigo,  falaremos do fumo. O fumo contém monóxido de carbono, causador de problemas respiratórios. Mantenha a sua lareira devidamente protegida e ensine o seu animal a manterem a distância de segurança adequada.
  • Velas: Todos nós gostamos de ver a casa decorada com velas. Se forem com cheiro, ainda melhor. Arriscamos em dizer que parte do espírito natalício vivido cá em casa se deve às várias velas que temos acesas. Para quem tem cães, o alerta fica pelo "Não deixe as velas ao alcance do seu cão, tenha ele o tamanho que for." Para quem tem gatos, o caso fica mais complicado. Eles são curiosos, eles arriscam, eles ficam tentados a descobrir o que é aquela coisinha. Ou veda o acesso, ou ensina a não chegar perto ou não acende velas. O perigo da queimadura ou até em provocar incêndios é alarmante.
Prevenir é o remédio. Existem mais dicas para que o seu Natal seja mais seguro. Quer saber mais? Então não perca os próximos artigos.