Top Social

Governador abandona o seu cão

19.1.13
governador da Flórida, Rick Scott terá rejeitado Reagan
(Michael Egger / Tampa Tribune)

Notícia| O abandono e o oportunismo estão latentes em todos os estratos sociais. Desde o pé rapado ao bolso cheio. Decididamente, os valores não são adquiridos em berços de ouro ou de palha. O pobre quando abandona argumenta que não podia sustentar mais uma boca. O rico quando abandona argumenta que era um cão pouco sociável e latidos a mais. Será justo brincar assim com uma vida? Será justo brincar com os eleitores e o cão, como no caso em concreto que se segue?

Pouco depois de se assumir como candidato à liderança do Governo do Estado norte-americano da Florida, em 2010, o político republicano anunciou que a sua família tinha decidido adoptar um cão e pediu mesmo ajuda, através das redes sociais, para encontrar um nome para o mesmo, que acabou por ser baptizado de Reagan. 

A última vez que Scott foi visto a passear Reagan foi em Janeiro de 2011, um dia antes de tomar posse como governador da Florida, o que levou o diário Tampa Bay Times a questionar o político esta semana sobre o paradeiro do cão. 

Rick Scott explicou que Reagan não parava de ladrar e que era pouco sociável, tendo por isso devolvido o cão pouco depois de se instalar na residência oficial dos governadores da Florida. 

O animal vive agora, segundo o mesmo jornal, num rancho de cavalos e chama-se Pluto, mas o artigo do Tampa Bay Times acabou por gerar uma onda de críticas na Internet e na imprensa local na sequência da decisão do governador da Florida. 

Notícia retirada da Sic Notícias.