Top Social

Hachiko em Portugal?

23.2.12
NOTÍCIA|"Hachiko, o cão japonês que ficou famoso pela fidelidade com o seu dono, teve direito a estátua e recentemente foi imortalizado num filme de Hollywood. Agora, Portugal tem o seu próprio Hachiko: um cão na linha de Sintra que se desloca diariamente ao centro de saúde onde, pela última vez, viu a sua dona.
A dona do animal morreu no centro de saúde de Rio de Mouro onde o animal a viu pela última vez. Na esperança de reencontrar a dona, o cão regressa todos os dias àquele local, avança a SIC que falou com testemunhas locais. 
Comovidos pela persistência do bicho - um rafeiro de estatura mediana e pêlo branco e preto - um habitante da zona, com a ajuda do seu patrão, decidiu construir uma casota mesmo em frente ao centro de saúde.
Em declarações à SIC, os construtores da nova casa do fiel cão explicaram que tiveram o cuidado de pôr a saída da casota virada para o centro de saúde, o local para onde o animal passa grande parte do dia a olhar, na esperança de um reencontro. 
O Filme “Hachiko: A Dog’s Story”, protagonizado por Richard Gere, é baseado na história verdadeira de um cão japonês que, durante cerca de 10 anos e até ao fim da sua vida, esperou pelo seu dono no local onde o tinha visto pela última vez." Fonte: Boas Notícias
Esta notícia já saiu há um par de meses, e decidi recuperá-la por achar que cada vez mais estes casos estão a aparecer. E, se aparecem é porque estes cães fiéis tiveram bons donos. (Tal como referi aqui: "Não existem cães maus, apenas maus donos!" ) Que os mimaram, os acarinharam, lhes deram amor e os cuidaram como membro da família. Não tenho dúvidas de que existam Hachikos espalhados por aí sem direito a notícia, claro que não é preciso um momento tão fulcral/lamentável como a morte do dono para que a fidelidade do cão se revele, nos pequenos actos conseguimos ver e receber tanto do nosso amigo de quatro patas. 
Não desejo que o meu cão sofra com a minha ausência , tal como não quero mesmo sofrer com a ausência dele.