Top Social

Defeito meu ou dele

31.3.12
Ando numa guerra com o Sr. Casalta Nabais, eu sei que ele tende a derrotar-me, mas não vou vergar com tanta facilidade. Andamos há uma semana nisto e sei que muitos já desistiram a meio, eu vou aguentar, afinal é só até hoje.


Os dias não têm sido fáceis. Nos momentos livres em que posso estar por casa, a ordem do dia é Estudar. Tenho saudades de estudar naquele silêncio tão característico da biblioteca da faculdade, mas isso já não é possível. Enervo-me com os sussurros que se vão ouvindo, os risos que se vão largando e às duas por três já se foi a minha concentração e estou mais preocupada em que parem e respeitem quem lá está por bem. Assim decidi ficar-me por casa e estudar cá no pouco tempo livre que disponho. 

Pois, tudo podia ser perfeito se o menino Lucas não andasse tão mimado. Quando o R está com ele em casa, o relato do dia é sempre o mesmo: "Fomos passear e dormiu o dia todo como um anjo". Quando sou eu, o caso muda de figura "Fomos passear e ora dormia, ora pedinchava colo, ora dormia, ora ladrava a pedir atenção"

Ele é tão mimalho que até dói. Eu tento mostrar firmeza, eu levo-o a dar passeios longos, eu brinco com ele, rebolo no chão, fazemos trinta por uma linha juntos e ele nunca se cansa.... Eu troco tudo por ele, essa é a verdade. Perco-me no tempo com ele e quando olho para o relógio já é tempo de fugir da beira dele. 

Será defeito dele ou meu?