Top Social

Top 10 questões de saúde oral #1

16.5.13
Patas&Focinhos Fotografia
Saúde| Os cães têm-se revelado criaturas notáveis. Desde a ponta dos seus narizes frios até ao extremos das suas caudas agitadas, a anatomia canina tem tanto de bonita como de graciosa. Única e fascinante. A boca, dentes e crânio dos cães são incrivelmente adaptados a atender as necessidades da espécie mais perfeitamente projectada pela Natureza. A cavidade bucal do cão é frequentemente alvo de muito mitos e mal-entendidos que levam a alguns problemas sérios. Aqui está o primeiro lote de 5 questões respondidas com a maior precisão.

1. Quantos dentes é que os cães têm? Um cão adulto tem cerca de mais um terço de dentes face aos humanos. O cão adulto tem 42 dentes permanentes enquanto que os humanos têm, em média,32 dentes, não contando com os dentes do siso. Os cachorrinhos têm 28 dentes de leite enquanto que os bebés humanos têm apenas 20 dentes de leite.

2. Quando é que os cães começam a perder seus dentes do bebé? Os cachorros começam a perder os seus dentes de leite por volta das 12 a 16 semanas. Aos quatro meses, quase todos os dentes de leite já foram substituídos.

3. Será possível estimar a idade de um cão com base nos seus dentes? A resposta é depende. Um cão jovem pode ter a sua idade estimada pelo estado dos seus dentes. Se tivermos em atenção as várias premissas que se seguem, talvez seja possível. Um cachorro tem os seus dentes de leite entre as 4 e as 6 semanas e os permanentes entre as 12 a 16 semanas. Os dentes caninos emergem entre as 3 e as 5 semanas e os caninos permanentes entre as 12 e as 16 semanas. Até os molares definitivos estarem no sítio, a idade do cão será entre 4 a 6 meses de idade. Uma vez atingidos os 6 meses, todos, ou a maioria, os dentes definitivos estão visíveis. A partir daí qualquer estimativa será pura adivinhação
Existem vários veterinários e pessoas ligadas aos animais que defendem e aplicam a tese de que é possível determinar a idade com base no desgaste dos dentes. Talvez. Mas, e se um cão jovem mastiga coisas duras? Isso poderia levar a que um cão de três anos veja a sua idade estimada, com base nos seus dentes desgastados, numa classe sénior, isso traduzir-se-ia numa menor probabilidade de ser adoptado. Defendemos que este mito deve ter a sua origem na teoria dos dentes dos cavalos. Este mito claramente não se aplica ao melhor amigo do homem. Adivinhar a idade de um cão deve incluir muito mais que um simples olhar sobre o desgaste dos dentes.

4. O meu cão pode regenerar dentes definitivos? Um mito muito comum por entre proprietários de cães. Ao contrário dos tubarões, os cães não podem regenerar dentes perdidos ou danificados. Se o seu cão perder um dentes, ele perde-o para sempre. Daí toda a importância dada à saúde oral dos patudos. Os dentes caninos têm de durar uma vida com todos os cuidados que lhes são devidos.

5. Os cães têm cáries? A cárie dentária é rara nos cães.Isto é, devido a muitos factores, incluindo a dieta relativamente com baixo teor de açúcar, as diferenças de bactérias numa boca canina e a forma dos dentes. Quando estas cavidades ocorrem devem ser tratadas tão rápido quando possível. Nalguns casos é possível retirar a parte danificada e preencher a cavidade com um composto especial. Em casos mais graves a extracção do dente afectado é necessária. Nada que não se resolva com um bom veterinário e com uma boa higiene oral. 

Gostou deste artigo? Então siga-nos na nossa página de facebook ou subscreva a nossa newsletter para ser o primeiro a receber o artigo do dia.