Top Social

"Granadas Castanhas no jardim dos Cãezinhos" de Manuela Mota Ribeiro

6.10.12

Exclusivo| Conhecer Manuela Mota Ribeiro foi um presente do mês de Outubro. Uma pessoa decidida, com imensas ideias e com uma energia contagiante. Só cheguei até à Manuela através da notícia do Destak, garanto que cada minuto passado com esta senhora é muito bem empregue.

Para conhecerem um pouco a Manuela, deixem que partilhe convosco algumas notas. A Manuela é uma portuense nascida no ano de 1970, cuja formação académica passou pela Faculdade de Medicina na Universidade do Porto (1994). Faculdade onde mais tarde, também, se especializou em Medicina Física e de Reabilitação corria o ano de 2002. Tinha uma vida académica e profissional de sucesso, quando decidiu dedicar-se à escrita. A Manuela é uma pessoa muito especial, preocupa-se com bem-estar do próximo, gosta de educar e consciencializar. Ajudar os outros é um assunto que a deixa muito feliz.

A Manuela escreve sobre temáticas que a preocupam, um dos seus livros - "Granadas Castanhas no jardim dos Cãezinhos"- reflecte exactamente o problema de muito donos passearem os seus animais e não se disporem a apanhar os dejectos caninos. Este livro conta com ilustrações de Isabel Mafalda Sá e até tem uma música, de Sofia Ribeiro, criada a propósito do livro.

No site da editora EBITDA books pode ser encontrado o resumo do livro, que passo a transcrever: "Certo dia, uma criança encontra um dejeto canino no jardim, onde costuma brincar, o que provoca o espanto de todos. Nos dias que se seguem, o número de “granadas castanhas” (nome que os jovens dão aos dejetos) aumenta, e o desconforto instala-se na aldeia. Há um novo vizinho em Ecolácia, muito arrogante e antipático, que deixa os seus cães fazer as necessidades nos locais onde brincam as crianças e que não se preocupa em colher as mesmas. Os cidadãos tentam conversar com o senhor, mas este não lhes dá ouvidos, pelo que toda a aldeia se reúne na tentativa de encontrar uma solução que traga de volta o bem-estar à aldeia. E é aí que surgem muitas ideias, uma das quais vai dar o resultado pretendido…"

Aconselhamos a compra, disponível no site da editora, de um exemplar para oferecer às crianças que nos são mais próximas e a leitura a todos os adultos. Consciencializar é preciso! Aproveito para convidar-vos a comparecerem hoje, pelas 11h30, na Fnac de Santa Catarina, no Porto, para a apresentação de um outro livro da Manuela "Serafim está sempre constipado".