Top Social

Halloween: cuidados com a máscara

26.10.12
Disfarce de Willy Wonka
Cães| Com tantos eventos de Halloween, sentimo-nos tentados a mascarar os nossos animais e fazermo-nos acompanhar por eles aos eventos que várias empresas/entidades organizam. É muito bonitinho vermos a mascote com uma máscara muito divertida, mas será seguro?

Deve garantir que o seu animal gosta de estar vestido. Se gostar, garanta que se divirta. Que pose para as objectivas e se torne a verdadeira estrela da noite. Se não gostar, não force uma situação de stress desnecessário. Obrigar o patudo a vestir-se para nosso puro deleite parece-nos uma atitude egoísta, quando não garantimos a sua diversão.

Ao optar mascarar o seu canídeo, garanta que são cumpridas algumas medidas de segurança.
  • A máscara de Haloween do seu animal de estimação não deve contrair o movimento ou impedir a respiração, latido ou audição. Previna esta situação escolhendo a fantasia no tamanho adequado com a devida antecedência.
  • Analise a constituição da fantasia. Não vá o pequeno curioso engolir peças pequenas ou engasgar-se com pendentes. 
  • Garanta que ele sai de casa devidamente identificado. Prenda na coleira uma ou duas medalhas com identificação. Certifique-se que o seu animal tem o microchip. Se por algum motivo ele escapar-se por entre os transeuntes ou fugir, terá sempre forma de alguém chegar si com o patudo.
Conte-nos o que pensa vestir ao seu animal de estimação neste dia festivo.