Top Social

Encontro de Pugs Oeiras

28.6.12
Entrevista| As parcerias vão se adquirindo e construindo ao longo do tempo. Umas são descobertas em meras pesquisas, outras sugeridas pelos leitores, e outras sugeridas pelas próprios parceiros. Foi o caso do Encontro de Pugs Oeiras. Após a parceria com a Amizades Improváveis, a Nádia Rodrigues sugeriu-me uma parceria com o Encontro de Pugs Oeiras. Pesquisei sobre o conceito, sobre cada detalhe que há por trás desta organização e fiz a proposta ao Nuno e à Ivânia. O resultado está à vista e espero que gostem tanto como eu gosto.


[O Mundo do Lucas (OML)]: Conte-nos um pouco acerca do Encontro de Pugs Oeiras
[Encontro de Pugs Oeiras (EPO)]:O Encontro de Pugs Oeiras surgiu após adoptarmos o nosso Pug o Spooky, e percebermos o quanto os Pugs são dóceis e grandes amigos tratando-o como o nosso filhote. 
Depois de algumas pesquisas sobre curiosidades da raça, tivemos conhecimento que no Brasil eram realizados bastantes encontros de Pugs e achámos uma iniciativa muito interessante, dai termos criado uma página do facebook e um blogue para ver a adesão por parte das pessoas. 
Com o passar do tempo várias foram as pessoas que se juntaram a nós e que elogiaram a nossa iniciativa o que nos deixou cada vez mais com vontade de desenvolve-la tornando-se hoje uma página bastante seguida pelos amantes dos Pugs. 

Picture
Spooky
Gentileza do Encontro de Pugs Oeiras
[OML] Como define o Encontro de Pugs Oeiras?
[EPO] O Encontro de Pugs Oeiras consiste numa organização que tem como objectivo divulgar a raça Pug em Portugal através de várias iniciativas, sempre com o intuito de proporcionar aos Pugs e seus respectivos donos momentos de convívio, diversão e também de partilha de experiências. 
Uma das nossas principais iniciativas foi criação de um álbum de Pugs de Portugal, no qual já temos 119 membros e que é uma das atracções da nossa página, já que é possível para os donos consultarem informações de outros Pugs para que possam fazer amizades com os mesmos. 


[OML] Se bem entendi, o Spooky foi a principal inspiração para a criação do grupo. Sente que os animais de companhia podem servir de inspiração para coisas boas e positivas? 
[EPO] Obviamente que sim, como foi o nosso caso. Todo. Os animais, principalmente os cães são como sabemos óptimos companheiros e amigos, através deles e com eles podemos realizar várias actividades, de modo, a ligar o mundo animal e humano. 
Vários são os casos em que os animais são utilizados para terapias em crianças com deficiência ou com graves problemas de saúde, ou mesmo o caso dos cães guias que permitem as pessoas invisuais melhores condições de vida. 
Estes são apenas alguns exemplos de o que os animais de companhia são importantes na nossa sociedade, e era importante haver por parte de certas entidades, campanhas de sensibilização de modo a mostrar à sociedade que não existem cães maus mas sim donos que não educam os seus cães da melhor forma. 


[OML] Lembra-se da primeira iniciativa que o vosso grupo realizou? Importa-se de descrever como foi e o que sentiu? 
[EPO] Sim, claramente como se fosse hoje. Nos dias anteriores, já vínhamos a sentir uma prévia emoção devido aos preparativos para o evento. No próprio dia foi uma mistura deles, desde alegria, ansiedade, receio e curiosidade da opinião e reacção das pessoas quanto a tudo o que se estava a realizar, era inicialmente uma ideia que por fim estava a ser concretizada, foi algo do qual ficamos muito orgulhosos. 
Foi o nosso primeiro evento, logo tudo teria de dar certo, para que houvesse outros mais. Reagimos sempre com muita calma, mesmo quando houve situações adversas. 
No contexto geral pensamos que foi um dia muito bem passado, e uma óptima experiencia tanto para os donos como para os Pugs. Ver tantos Pugs juntos foi espectacular, basta referir que várias foram as pessoas sem Pugs que se juntaram a nós durante o encontro. Mas queremos mais… 


[OML] Fazendo uma retrospectiva, qual o balanço que faz do vosso grupo? 
[EPO] Superou bastante as nossas expectativas. Chegar onde chegamos em tão pouco tempo é óptimo, em que temos várias pessoas que acompanham diariamente todo o nosso trabalho, amor e dedicação por eles e demonstra todo o amor que os donos tem pelos seu pequeninos, pois sem eles nunca seria possível desenvolver a nossa iniciativa. 


[OML] Quais são os vossos principais objectivos para 2012? 
[EPO] Várias são as ideias que temos em mente, pois quem desfruta destes momentos e convívios quer sempre mais. O nosso grande objectivo é divulgar ao máximo o nosso grupo de modo a aumentar ainda mais o nosso numero de Pugs de forma a que possamos ter mais convívios como os que já tivemos (1ºEncontro de Pugs, Passeio de Páscoa e Mexa-se na Marginal…com os Pugs) com ainda mais Pugs. Outro dos nossos objectivos é desenvolver varias iniciativas de apoio social de forma a integrar os animais na sociedade e também proporcionar a crianças desfavorecidas momentos de alegria, para isso estamos actualmente a trabalhar junto de algumas entidades para que sejam feitas várias parcerias com vista a apoiar algumas instituições. 


Passeio de Páscoa 2012
Gentileza de Encontro de Pugs Oeiras

[OML] Qual a agenda de eventos para os próximos tempos? 
[EPO] De momento não temos ainda datas definidas para próximos eventos, estamos a trabalhar para o 2ºEncontro de Pugs Oeiras de forma a que seja ainda melhor. Podemos dizer que o sucesso alcançado no 1º Encontro despertou interesse em algumas entidades, e que o próximo terá muitas novidades… 
Estamos também a desenvolver uma iniciativa que passa pelo esclarecimento de várias questões de vários donos relativamente à saúde dos Pugs e brevemente teremos novidades acerca da mesma. Outra das iniciativas é relacionada com o apoio a casas de acolhimento em que nos deslocaremos com alguns Pugs junto das mesmas proporcionando assim um dia diferente às crianças. Mas tudo isto ainda sem datas definidas pois queremos preparar ao máximo todas estas iniciativas. 


[OML] Trabalham em conjunto com outros grupos que “apoiem” outras raças caninas? 
[EPO] Sim, neste momento estamos a trabalhar com as Amizades Improváveis que tenta desmistificar o mito que os cães são perigosos, com a Missão Patas Felizes que uma associação de apoio aos animais e também com as Patas&Focinhos que captam em todos os eventos em que fazem a cobertura, o lado doce, meigo e amigo de todos os animais. 


[OML] Se tivesse que aconselhar alguém a acolher um Pug em casa, quais as características que evidenciaria? 
[EPO] Como costumamos dizer o Pug é uma raça muito especial que normalmente todos os donos tratam como um filho. Segue-nos para todo o lado mesmo que esteja a morrer de sono, é meigo, doce, um óptimo cão para ter em casa, pois não é cão de roer muito. 
É também um óptimo animal com as crianças, pois é um cão muito cuidadoso e que quer brincadeira a toda a hora. 
Mas atenção um Pug precisa de muita atenção pois são cães muito carentes de afecto, para os ter tal como para ter qualquer tipo de animal é necessário ter tempo para estar/tratar deles. As pessoas têm que perceber que os cães não são descartáveis, têm sentimentos e dão tudo por os donos, portanto aconselhamos as pessoas a adoptar apenas um cão estando devidamente informadas do que isso implica. 


[OML] Se tivesse um minuto, para convencer uma pessoa a fazer parte do vosso grupo, que argumentos usaria? 
[EPO] Se gosta de animais, se quer ter momentos de diversão, convívio e partilhar experiências acerca de animais então junte-se a nós!!!! O Encontro de Pugs Oeiras não é só para os amantes dos Pugs mas sim para todos os amantes de animais. 


[OML] Quais os requisitos para fazer parte do vosso grupo e como se desenrola todo o processo de inscrição? 
[EPO] Para fazer parte do nosso grupo basta colocar gosto na nossa página de facebook Encontro de Pugs Oeiras, e enviar-nos o Nome, data de nascimento, localidade e algumas fotos do seu Pug. 
De seguida adicionamo-lo ao nosso álbum de Pugs de Portugal no nosso facebook e Blogue e na nossa base de dados. A partir desse momento o Pug faz parte do nosso grupo. Depois basta acompanhar as nossas páginas para estarem informados das nossas iniciativas. 
Quem não tem Pug também nos pode acompanhar fazendo gosto na nossa página e participando na mesma.